Calistenia e Street Workout

De acordo com o Dicionário Aurélio, “Calistenia” é “Exercício ginástico para beleza e vigor físicos.” Esta definição não deixa de ser verdadeira, mas é aquém do necessário. A Calistenia envolve exercícios que utilizam o peso do próprio corpo(os chamados bodyweight training) e quase todos já praticaram alguma vez na vida, seja fazendo abdominais, agachamentos(squat), flexões(push-up), polichinelo (jumping jack), prancha (plank) etc.
Após a definição acima, seguir-se-ão fatos históricos da Calistenia que ajudarão a mostrar o seu valor:

          • Entre 600 e 400 a.C., os soldados espartanos possuíam rotinas regulares de exercícios calistênicos e treinos de combate.
          • Os monges Shaolin treinam exercícios calistênicos há mais de 2000 anos e continuam exemplos de força até os dias atuais.
          • Todos os exércitos do mundo fazem uso da calistenia em seus sistemas de treinamento.

Vídeo de um atleta vegano praticando calistenia:

Nos últimos anos, têm surgido vários vídeos na internet de uma modalidade que une a calistenia, ginástica olímpica e parkour. É o chamado Street Workout. Basta colocar esta expressão no youtube para ver dezenas de vídeos incríveis com movimentos que deixam qualquer boquiaberto. É um esporte bonito de se ver, bom de praticar, dá ótimos resultados e é GRATUITO.
Eu, p.e., comecei a praticar o Street Workout na mesma semana que me tornei vegano. Em 6 meses, perdi aproximadamente 12kg de gordura e ganhei cerca de 3 kg de massa magra. Mas benefícios como um bom sono, menor stress e redução de dores crônicas(eu tinha muitas que não passavam nem com remédios opióides) são incomensuráveis.
Para aqueles que não conhecem o street workout, olhem só estes vídeos:

Este, eu espero, é apenas o primeiro de uma série de posts sobre exercícios calistênicos e veganismo.

Abraços, Igor Silveira.